21/01/10

Base-Jumper


Eu sei que não se deve brincar com a desgraça alheia mas não consigo deixar de rir a imaginar esta cena e o que passou pela cabeça do jornalista da RTP, Vitor Gonçalves, quando a terra começou a tremer novamente no Haiti...

Vai buscar ó Pardo, este foi muito mais à frente!!! Sem páraquedas pá...sem páraquedas....

10 comentários:

Analog Girl disse...

O que o pânico faz às pessoas, realmente...

Analog Girl disse...

(bolas é impossível não rir um bocadinho)

Miguel F. Carvalho disse...

giro também é ter visto ontem a colega que está lá no Haiti a entrevistar o pessoal do INEM que o assistiu e a dizer (coitadinho!) que ele estava numa maca sem grandes condições... e que depois ia para Miami onde iam tratá-lo muito bem... será que a senhora ainda não percebeu onde está???!!!

Abobrinha disse...

Como acabou bem acho que nos podemos rir. Mas ficas a saber que não foi o único a atirar-se de um edifício por medo que ele caíssem em cima dele: li que um polícia haitiano tinha um pé partido do primeiro sismo... e ficou com o outro a combinar quando se mandou da esquadra abaixo por cauda deste!

Miguel F. Carvalho disse...

mas agora já lá temos o Rodrigues dos Santos... lá vamos ter o espectáculo de caretas, lágrimas e afins... enfim, o chamado circo fora de época!!!

Gosto... disse...

Analógica...é, não é? Uma pessoa entra em paranoia e depois...esquece tudo o que é lógico...

Miguel...é caso para dizer que há males que vêm por bem, né? "ai parti o pé no haiti e agora fico aqui um mês em miami"...AHHAAH

Abobrinha...não são só os tugas que não jogam com o baralho todo pá...HAHAHA

Vanita disse...

Não te sintas mal. Eu ainda não consegui parar de rir. E, de cada vez que me lembro da história, lá vem mais uma sessão de gargalhadas :)

Gosto... disse...

Vanita...eu naõ me sinto mal por acaso...acho que o problema talvez seja esse...HAHAHA

BEIJOOOOOOOOOO

Cate disse...

Vai ser gozado pelos colegas até ao fim da vida, obviamente.

Gosto... disse...

provavelmente...AHHAAHHA