05/02/10

Money slave


Eu tenho uma amiga. Quer dizer, tenho muitas, mas vou falar de uma em especial. É como se fosse uma irmã para mim. Ou melhor, uma prima. Sim, é mais uma prima. Pois então essa minha amiga trabalhava numa empresa enorme de consultoria. Onde tinha muito trabalho mas não era mau de todo. Acontece que entretanto recebeu uma proposta de trabalho de outra empresa para ganhar mais dinheiro. Um bom bocado mais. E saiu.

Hoje não tem vida. Ganha mais mas não tempo para gastar o dinheiro. Não tem tempo para o marido. Não tem tempo para o filho. Não tem tempo para a família. Não tem tempo para ela.

Agora diz que, finalmente, percebeu o porquê de eu ter recusado algumas propostas. E que não há nada que pague o nosso tempo.

9 comentários:

NI disse...

E quando tralhámos horas e horas e não somos recompensados economicamente? Isso é que custa...

Sadeek disse...

Acaba por ser mais ou menos o mesmo Ni. A mulher tem dias seguidos que dorme 2/3 horas e o resto é sempre a "vergar a mola"...

É mau de mais...

Fuschia disse...

Já cheguei a essa conclusão há algum tempo, embora pelos motivos contrários: trabalhava muito e ganhava muito pouco e achava que preferia trabalhar menos a ganhar mais.

Ms. Myself disse...

É bem verdade!

Eu bem que gosto de sair as 16h do trabalho! :p

Tenho alturas que estou a entrar a essa hora mas mesmo assim dá-me sempre tempo para tudo! :)

IandU disse...

Há pessoas que ficam fascinadas com o tamanho da conta a crescer. Mas quando dizemos que aproveitamos o mar ou fizemos uma caminhada com quem mais gostávamos ficam ofendidas. São escolhas. Uns gostam da conta com muito outros, com uma vida com muito para contar e viver.

bom fds

Sadeek disse...

Fuschia...a minha amiga era escrava então, não? :D

Myself...certo. Eu também prefiro a vida que levo. Não quero mesmo ser o mais rico do cemitério... ;)

"I"...ora bem. E se as pessoas se sentem felizes assim.... o pior é quando não se sentem...

Miguel disse...

Eh! Eh!
Aqui concordo!

E já vi outros que também assino por baixo...

Indira Costa disse...

Sonho todos os dias em encontrar um servo leal, honesto e que saiba seu lugar. Gosto de arrancar cada centavo e gastar do jeito que bem entender. Apresente-se via e-mail: indiracosta_@hotmail.com, talvez você seja selecionado.

Indira Costa disse...

Sonho todos os dias em encontrar um servo leal, honesto e que saiba seu lugar. Gosto de arrancar cada centavo e gastar do jeito que bem entender. Apresente-se via e-mail: indiracosta_@hotmail.com, talvez você seja selecionado.